[Simples] Lembranças de infância

Lembro como se fosse hoje: último dia de aula, o aviso da viagem para a casa da vó e o início dos preparativos.
“Mããããe! Posso levar esse vestido? Ah, diz que sim!”
Delícia.

O mais gostoso era quando íamos de ônibus, porque eu conseguia aproveitar o nascer do sol. Quando optávamos pelo carro, a gente sempre saía no meio ou final da tarde.

Amava quando estávamos quase chegando e entrávamos na estrada de chão… Eu sabia que, de verdade, minhas férias estavam começando. O abraço da vó, o beijo nos tios e primos, o aperto na bisavó e a mordida do tio preferido.

Lembro nitidamente da primeira noite no cantinho da vovó: eu não conseguia dormir! O segundo dia sempre era mais do que perfeito. Era o início de férias perfeitas! 🙂

O dia começava, os passarinhos cantavam… hora de levantar e tomar o café preparado com doçura pela vó. Pãozinho de casa, café moído na hora, docinho caseiro… E eu esquecia que fazia parte da cidade grande e me permitia aproveitar o campo. As brincadeiras no barranco do sítio, o pé de tangerina, a represa atrás de casa, o caminho da “trilha” feita pelos primos… Que saudade…

As lágrimas que brotam nos meus olhos nesse momento só servem pra me fazer perceber que essas pessoas, esses momentos foram muito importantes para mim. Me fizeram perceber que mais valioso está nas coisas mais simples.

E do sítio, vendido recentemente, só restam as lembranças, mas me consolo ao lembrar que a saudade é um sentimento deixado pelas coisas boas que já se foram. O carinho da vó não mudou, a mordida do tio eu sempre recebo (mesmo ele estando casado e eu com mais de vinte anos), a bisavó foi morar com o Pai do Céu…

O simples é lindo, é belo.
A infância é simples. Aproveitar o simples é uma bênção.
E as coisas simples da vida continuam me impressionando.

Anúncios

Sobre Ana Paula

* Publicitária * Analista de comunicação * Apaixonada por família, namorado, chocolate, comunicação, marcas, marketing, cachorro, música, textos, curiosidades... Enfim, uma mistura de tudo e mais um pouco.
Esse post foi publicado em Pensamentos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s